Blog

Eu Sou Abrates: Luciana Vianna

1. Quem é você e o que você faz?

Meu nome é Luciana e atuo como tradutora há dois anos. Minha formação original é em Contabilidade, e fiz carreira trabalhando em grandes empresas, como a EY, GE e Dow. Em função da minha carreira, sempre trabalhei em contato com pessoas de fora, e por isso precisei utilizar muito o inglês. O espanhol veio quando fui transferida para o centro financeiro da GE no México.

 

2. Como você chegou à tradução e como foi seu início?

Meu início foi meio por acaso. Depois de uma experiência na GE, ao mesmo tempo ótima e horrível, em que pude participar de projetos na Itália, França, Irlanda e Estados Unidos, decidi tirar um tempo para mim e estudar italiano em Florença. Lá, comecei a buscar formas de fazer dinheiro com trabalho esporádico e me deparei com a tradução. Desde o primeiro momento, decidi que, se fosse fazer isso, seria da maneira mais profissional possível. Sempre tratei minha carreira em contabilidade com muito profissionalismo, e não seria diferente com a tradução. Por isso me inscrevi imediatamente na pós da Estácio. Foi realmente aí que fui entender de fato o mercado da tradução.

 

3. Para você, qual é o aspecto mais incrível da sua área de atuação?

Trabalho principalmente com tradução de documentos financeiros. Acho incrível que todo conhecimento prévio possa ser reaproveitado na tradução, que possa utilizar minha experiência como um diferenciador. Além disso, acho incrível essa possibilidade de ampliar meu leque de traduções, não precisando me limitar a apenas minha especialização.

 

4. E o mais desafiador?

Por ainda manter meu trabalho em contabilidade durante o dia, acho desafiador manter meu negócio de tradução em horário parcial e, ainda, investir tempo para crescer. Considero esse salto, de fonte de renda secundária para primária, como a minha meta mais difícil.

 

5. Cite um mito e uma verdade sobre sua área de atuação, que você só descobriu na prática.

O maior mito é que contabilidade é difícil, só para engenheiros ou pessoas excelentes em matemática. Contabilidade é uma ciência social associada ao mundo empresarial, então o máximo de matemática utilizado é %. Mas é verdade que precisa sempre manter ligado para saber as últimas atualizações, afinal, podem ser publicadas novas leis e novas normas a qualquer momento, o que impacta no surgimento de novos termos e novas tecnologias.

 

6. Qual dica construtiva você dá para quem possa estar cogitando seguir na sua área de atuação ou para quem possa estar começando?

Caso já trabalhe na área financeira, você já tem uma vantagem muito grande de conhecer os termos utilizados no mercado. Mas, mesmo sem nenhuma experiência prévia, é possível aprender sobre esse setor. Para isso, recomendo a leitura de blogs, como o da XP, notícias da CVM e da B3 e matérias de revistas especializadas como a Exame. Se gostar muito, é legal acompanhar os relatórios financeiros das empresas. Tudo isso ajudará a entender o vocabulário utilizado.

 

Quer participar da série Eu Sou Abrates? Envie-nos um e-mail para [email protected] com o assunto “Entrevista: [seu nome]”. Esta série é exclusiva para membros.

  • Tags:

Deixe um Comentário