Now loading... / Carregando...

menu

802-701-9763

support@envor.com

Blog Article

Eu Sou Abrates: Celia Bueno

posted in Eu Sou Abrates by

 

1. Quem é você e o que você faz?

Sou Celia Bueno, tradutora de espanhol e revisora.

 

2. Como você chegou à tradução e como foi seu início?

No ano de 2000 fui contratada como terceirizada da Fundação dos Estudos do Mar para prestar serviços à Marinha do Brasil. Estavam precisando de uma pessoa com espanhol para atender à ROCRAM (Red Operativa de Cooperación Regional de Autoridades Marítimas de las Américas), que reúne treze países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela). Lá eu fazia as traduções para o português e as versões para o espanhol das correspondências, atendimento telefônico e realizava telefonemas para esses países e ainda participava da organização dos eventos realizados em todos esses países. A sede da ROCRAM, a cada dois anos, era transferida a cada país da Rede.

 

3. Para você, qual é o aspecto mais incrível da sua área de atuação?

O mais incrível é poder desempenhar meu trabalho de qualquer lugar, sem precisar ter um espaço preparado para isso. Posso trabalhar de um hotel, um cyber café, um espaço de coworking etc. Não fico presa a um lugar só.

 

4. E o mais desafiador?

É o tempo para realização do trabalho. Muitas vezes precisei trabalhar nos finais de semana e feriados para entregar o trabalho no prazo acordado com o cliente direto ou com a agência de tradução. Normalmente, os prazos são apertados.

 

5. Cite um mito e uma verdade sobre sua área de atuação que você só descobriu na prática.

Só ouvia falar que a área literária é terrível, dá muito trabalho, mas meu primeiro grande trabalho foi quando fui contatada por uma cliente direta para fazer a versão do seu romance para o espanhol. Descobri que dá trabalho, precisamos pesquisar muito, mas foi um trabalho apaixonante para mim. Outro mito: muitos tradutores evitam fazer versão porque dizem que dá muito trabalho, mas é o trabalho que mais faço e amo muito.

 

6. Qual dica construtiva você dá para quem possa estar cogitando seguir na sua área de atuação ou para quem possa estar começando?

Estar atenta ao prazo dado para a realização do trabalho. Saber que muitas vezes precisará renunciar a um fim de semana ou feriado para trabalhar.

 

Saiba mais sobre a Celia

 


Quer participar da série Eu Sou Abrates? Envie-nos um e-mail para metafrase@abrates.com.br com o assunto “Entrevista: [seu nome]”. Esta série é exclusiva para membros.

24 jun, 21