Now loading... / Carregando...

menu

802-701-9763

support@envor.com

Livros

Livros recomendados pela ABRATES

Escola de Tradutores (Paulo Rónai)

Autor: Paulo Rónai
Escola de Tradutores Paulo Rónai 6.ed (rev e ampl). Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1987 ISBN: 8520910580 Escola de tradutores Sai do prelo pela quinta (sic) vez esta Escola de tradutores e, como aconteceu em quase todas as suas reedições, vem enriquecida de capítulo novo. E que capítulo! Paulo Rónai nos conta nele, com a concisão e a sobriedade que são características de seu estilo, nada menos do que o episódio da tradução mais difícil que lhe coube fazer em toda a sua vida. E difícil não por problemas lingüisticos, já que foi feita do húngaro, sua língua materna, mas por um detalhe profundamente trágico, profundamente humano, pela primeira vez revelado em livro.

A variedade dos assuntos aqui focalizados mostra-nos a versatilidade com que Paulo Rónai se movimenta no universo da tradução. Seja ela literária ou técnica, seja o estudo comparado de traduções de um mesmo texto, ou a tradução e versão de poesias, seja a crítica a livros sobre o assunto ou os aspectos teóricos – tudo isso se combina com um estilo extremamente agradável e fluente para fazer da leitura deste livro um motivo de prazer e uma fonte de ensinamentos, pois o grande professor que o autor sempre foi evidencia-se em sua preocupação de ilustrar com fatos concretos os comentários que faz. Assim, o leitor encontra aqui uma grande cópia de informações práticas sobre numerosos problemas de tradução, e um sem-número de exemplos extremamente úteis. Além de seus méritos intrínsecos, Escola de tradutores tem o de ter sido o precursor no trato dos problemas da tradução, em nossa língua. Lançado pela primeira vez em 1952, teve imediata receptividade por parte do público, sempre curioso no que se relaciona com questões de tradução. Outros autores ocuparam-se, desde então, do assunto, mas nem por isso deixaram os leitores de continuar prestigiando este livro, hoje considerado um clássico sempre renovado. Fundador da Associação Brasileira de Tradutores, a Abrates, da qual foi por muitos anos secretário-geral, Paulo Rónai pode ainda orgulhar-se de ter sido também um pioneiro na organização profissional dos tradutores no Brasil.